Voltar à página anterior

Torre de Refoios, Paço do Curutelo (Freixo) e Paço de Bertiandos

Ponte de Lima 41º 46’ 7,7” N | 8º 35’ 3,4” W
  • Torre de Refoios Torre de Refoios
  • Torre de Refoios Torre de Refoios
  • Torre de Refoios Torre de Refoios
  • Torre de Refoios Torre de Refoios
  • Paço do Curutelo Paço do Curutelo
  • Paço do Curutelo Paço do Curutelo
  • Paço do Curutelo Paço do Curutelo
  • Paço do Curutelo Paço do Curutelo
Ponte de Lima

As construções medievais, ou com vestígios da Idade Média, proliferam por todo o concelho de Ponte de Lima, principalmente se atentarmos a muitos elementos que não passam despercebidos na arquitetura civil, militar e religiosa. 

A Torre de Refoios, de que foi proprietário e/ou fundador, segundo se crê, D. Afonso Ansemondes, companheiro de D. Afonso Henriques, aquando da fundação da nacionalidade (século XII) e, muito certamente, anterior à origem do Convento de Refoios, pela família daquele nobre, é um exemplar notável de uma arquitetura militar aliada à arquitetura civil.

Pela respetiva classificação patrimonial, trata-se de um exemplar de "arquitetura residencial, medieval, com torre de planta quadrangular de quatro registos, rasgados por frestas, com fachada principal tendo portal axial de vão em arco quebrado, ao nível do segundo piso e ala residencial de planta em L e de dois pisos adossada".

Pelas suas feições e características vale a pena uma ligeira referência ao Paço do Curutelo, em Freixo, que, provavelmente dos finais da Idade Média, é descrito, em termos de património classificado, como uma "casa nobre quinhentista, de feição acastelada, na tradição medieval de "casa-torre”, em que esta surge ao centro da ala residencial, mais baixa.
A regularidade planimétrica leva-nos a considerá-lo uma construção de cerca do século XVI".

Destaque ainda para o Paço de Bertiandos, uma das casas senhoriais mais emblemáticas de Portugal, com origem numa torre mandada construir por Inês Pinto, em 1566. Os seus dois filhos acabariam por se desentender e os bens foram repartidos. No século XVIII as desavenças levariam à construção de dois solares barrocos, unidos pela torre. É, no entanto, no fim deste século que a família volta a unir-se. O conjunto é monumental e digno de caracterizar uma das mais ricas famílias nobres do país.



Torre de Refoios - 41º 47' 28,1'' N | 8º 32' 44,2'' W

Paço do Curutelo -
41º 39' 11,6'' N | 8º 36' 19,1'' W



Descrição
As construções medievais, ou com vestígios da Idade Média, proliferam por todo o concelho de Ponte de Lima, principalmente se atentarmos a muitos elementos que não passam despercebidos na arquitetura civil, militar e religiosa. 

A Torre de Refoios, de que foi proprietário e/ou fundador, segundo se crê, D. Afonso Ansemondes, companheiro de D. Afonso Henriques, aquando da fundação da nacionalidade (século XII) e, muito certamente, anterior à origem do Convento de Refoios, pela família daquele nobre, é um exemplar notável de uma arquitetura militar aliada à arquitetura civil.

Pela respetiva classificação patrimonial, trata-se de um exemplar de "arquitetura residencial, medieval, com torre de planta quadrangular de quatro registos, rasgados por frestas, com fachada principal tendo portal axial de vão em arco quebrado, ao nível do segundo piso e ala residencial de planta em L e de dois pisos adossada".

Pelas suas feições e características vale a pena uma ligeira referência ao Paço do Curutelo, em Freixo, que, provavelmente dos finais da Idade Média, é descrito, em termos de património classificado, como uma "casa nobre quinhentista, de feição acastelada, na tradição medieval de "casa-torre”, em que esta surge ao centro da ala residencial, mais baixa.
A regularidade planimétrica leva-nos a considerá-lo uma construção de cerca do século XVI".

Destaque ainda para o Paço de Bertiandos, uma das casas senhoriais mais emblemáticas de Portugal, com origem numa torre mandada construir por Inês Pinto, em 1566. Os seus dois filhos acabariam por se desentender e os bens foram repartidos. No século XVIII as desavenças levariam à construção de dois solares barrocos, unidos pela torre. É, no entanto, no fim deste século que a família volta a unir-se. O conjunto é monumental e digno de caracterizar uma das mais ricas famílias nobres do país.
Contactos
Torre de Refoios - 41º 47' 28,1'' N | 8º 32' 44,2'' W

Paço do Curutelo -
41º 39' 11,6'' N | 8º 36' 19,1'' W
Visite Ponte de Lima
Visite Ponte de Lima
© 2022
PortoNorte