Voltar à página anterior

Rancho Folclórico de Calheiros

Rancho Folclórico de Calheiros
Rua da Igreja, n.º 62 4990-575 Calheiros – Ponte de Lima

O Rancho Folclórico de Calheiros é criado pela Associação Cultural, Desportiva e Recreativa da freguesia em outubro de 1990, levando desde então as suas danças e cantares por todo o país e pelo estrangeiro.

Na origem do grupo está o intuito de preservar cantigas tradicionais habitualmente presentes em práticas antigas como as malhadas, as desfolhadas e a produção do linho, de molde a evitar que caiam no esquecimento, garantindo assim a sua sobrevivência através da partilha com o público em geral e, principalmente, com as gerações mais jovens.

Uma das suas principais preocupações é a conservação das tradições da terra e, por conseguinte, o seu reportório inclui temas que se baseiam numa recolha levada a cabo junto da população mais idosa da freguesia. 

Destacam-se, portanto, o Regadinho, o Malhão, a Tirana, as Pintas da Blusa, a Carrasquinha, a Chula Picada e a Chula de Roda, o Vira Trespassado, o Vira d’Oito, o Vira Batido e o Vira de Roda, a Cana Verde, o Passarinho, a Rusga de Entrada, a Rusga de Saída, a Ritinha, a Laurindinha, a Rosinha, o Vira de Calheiros, entre outros.

Os trajes envergados pelo grupo representam os fatos mais tradicionais do Alto Minho, de características diversas, nomeadamente o de noiva, o de mordoma, o domingueiro, o de festa, o de trabalho, o de Maria da Fonte, etc.
O Rancho Folclórico de Calheiros pretende, acima de tudo, recordar e preservar os velhos tempos, para que jamais sejam esquecidos! 



Telefone: (+351) 965 396 135

Morada:
Rua da Igreja, n.º 62 Calheiros
4990-575 - Ponte de Lima



Descrição
O Rancho Folclórico de Calheiros é criado pela Associação Cultural, Desportiva e Recreativa da freguesia em outubro de 1990, levando desde então as suas danças e cantares por todo o país e pelo estrangeiro.

Na origem do grupo está o intuito de preservar cantigas tradicionais habitualmente presentes em práticas antigas como as malhadas, as desfolhadas e a produção do linho, de molde a evitar que caiam no esquecimento, garantindo assim a sua sobrevivência através da partilha com o público em geral e, principalmente, com as gerações mais jovens.

Uma das suas principais preocupações é a conservação das tradições da terra e, por conseguinte, o seu reportório inclui temas que se baseiam numa recolha levada a cabo junto da população mais idosa da freguesia. 

Destacam-se, portanto, o Regadinho, o Malhão, a Tirana, as Pintas da Blusa, a Carrasquinha, a Chula Picada e a Chula de Roda, o Vira Trespassado, o Vira d’Oito, o Vira Batido e o Vira de Roda, a Cana Verde, o Passarinho, a Rusga de Entrada, a Rusga de Saída, a Ritinha, a Laurindinha, a Rosinha, o Vira de Calheiros, entre outros.

Os trajes envergados pelo grupo representam os fatos mais tradicionais do Alto Minho, de características diversas, nomeadamente o de noiva, o de mordoma, o domingueiro, o de festa, o de trabalho, o de Maria da Fonte, etc.
O Rancho Folclórico de Calheiros pretende, acima de tudo, recordar e preservar os velhos tempos, para que jamais sejam esquecidos! 
Contactos
Telefone: (+351) 965 396 135

Morada:
Rua da Igreja, n.º 62 Calheiros
4990-575 - Ponte de Lima
Visite Ponte de Lima
Visite Ponte de Lima
© 2022
PortoNorte