Voltar à página anterior

Ponte de Estorãos, Arco da Geia (Arcozelo) e Ponte do Arquinho (Arcozelo)

Ponte de Lima 41º 46’ 7,7” N | 8º 35’ 3,4” W
Ponte de Lima

O território limiano é desde há séculos privilegiado na sua rede viária. É atravessado no sentido sul-norte por uma das mais importantes vias romanas, a Via XIX mencionada por Antonino. Outras vias secundárias complementariam esta e assim se foi formando uma rede que perduraria nos séculos seguintes. Na época medieval os viajantes continuavam a usar a antiga via romana e foram adaptando novas alternativas. Hoje uma das principais vias ficou conhecida como Caminho de Santiago, porque foi usada como itinerário principal pelos peregrinos que seguiam para Compostela.

Ao longo da história os rios foram barreiras naturais que o Homem foi transpondo com a construção de pontes. Em Ponte de Lima, para além da que lhe dá o nome, sobre o Lima, destacamos mais três; não pela inexistência de muitos outros exemplares mas porque estas têm singular importância. São elas a Ponte ou Arco da Geia, do período romano, para transpor o rio Labruja; sobre o mesmo rio mas já do período medievo é a Ponte do Arquinho, em Faldejães na freguesia de Arcozelo e, por último, a Ponte sobre o rio Estorãos, na freguesia com o mesmo nome. Com datação incerta há quem defenda uma origem romana. Contudo, terá sofrido grandes remodelações no período medieval e na Idade Moderna.



Ponte de Estorãos - 41º 47' 9,2'' N | 8º 38' 41,1'' W

Ponte ou Arco da Geia - 41º 47' 54,5'' N | 8º 35' 30,8'' W

Ponte do Arquinho - 41º 46' 24,4'' N | 8º 35' 15,7'' W



Descrição
O território limiano é desde há séculos privilegiado na sua rede viária. É atravessado no sentido sul-norte por uma das mais importantes vias romanas, a Via XIX mencionada por Antonino. Outras vias secundárias complementariam esta e assim se foi formando uma rede que perduraria nos séculos seguintes. Na época medieval os viajantes continuavam a usar a antiga via romana e foram adaptando novas alternativas. Hoje uma das principais vias ficou conhecida como Caminho de Santiago, porque foi usada como itinerário principal pelos peregrinos que seguiam para Compostela.

Ao longo da história os rios foram barreiras naturais que o Homem foi transpondo com a construção de pontes. Em Ponte de Lima, para além da que lhe dá o nome, sobre o Lima, destacamos mais três; não pela inexistência de muitos outros exemplares mas porque estas têm singular importância. São elas a Ponte ou Arco da Geia, do período romano, para transpor o rio Labruja; sobre o mesmo rio mas já do período medievo é a Ponte do Arquinho, em Faldejães na freguesia de Arcozelo e, por último, a Ponte sobre o rio Estorãos, na freguesia com o mesmo nome. Com datação incerta há quem defenda uma origem romana. Contudo, terá sofrido grandes remodelações no período medieval e na Idade Moderna.
Contactos
Ponte de Estorãos - 41º 47' 9,2'' N | 8º 38' 41,1'' W

Ponte ou Arco da Geia - 41º 47' 54,5'' N | 8º 35' 30,8'' W

Ponte do Arquinho - 41º 46' 24,4'' N | 8º 35' 15,7'' W
Visite Ponte de Lima
Visite Ponte de Lima
© 2020
PortoNorte